Skip to content Skip to footer

Entenda a importância do RTI para a educação

Entenda a importância do RTI para a educação

O desenvolvimento educacional dos alunos precisa ser uma prioridade da escola e dos pais, por isso o RTI é tão importante.

Venha conhecer o RTI e entender a sua importância para promover o ensino de qualidade nas escolas.

MAS O QUE É RTI?

Antes de mais nada, se você observar qualquer sala de aula, certamente encontrará estudantes com características e necessidades variadas.

Portanto, alguns deles podem apresentar desempenho adequado, outros podem apresentar as chamadas dificuldades de aprendizagem.

Sendo assim, perceber alunos com necessidades de aprendizagem costuma ser simples. Mas nem sempre é fácil para o professor identificar o motivo dessas dificuldades e saber como ajudá-los.

Por isso, é tão importante entendermos o que é a Resposta à Intervenção (RTI). Esse é um modelo cujo objetivo é prevenir dificuldades de aprendizagem.

Além disso, ele também consegue identificar alunos que demandam de condutas mais direcionadas e intensivas para seu desenvolvimento.

Ou seja, intervenções avaliadas com base no desempenho do estudante. Dessa maneira, por intervir na hora certa, evitam-se situações de atrasos do aluno comparado à outros colegas.

Portanto, alunos que apresentam sinais de risco para transtornos do neuro desenvolvimento, por exemplo, são encaminhados para especialistas no tempo certo e recebem intervenções exclusivas.

Em suma, o processo de implementação do RTI ocorre por meio do monitoramento do progresso dos alunos. Ou seja, de modo que o professor identifique aqueles que precisam de um maior apoio acadêmico.

Por isso, por meio de intervenções sistematizadas e baseadas em evidências.

MAS QUAL É A ESTRUTURA DO RTI?

Certamente, podemos dizer que o RTI é estruturado em um sistema de multicamadas. Sendo assim, cada camada diz respeito a uma frequência de avaliação e a uma intensidade de intervenção diferente, mas no geral, são três camadas.

Por exemplo, todos os estudantes da turma participam da primeira camada do RTI. Pois nela, o professor realiza intervenções baseadas em evidências a fim de prevenir dificuldades de aprendizagem.

Sendo assim, avaliações contínuas são feitas para avaliar a resposta do aluno. Por isso, quando eles apresentam dificuldades na primeira camada são encaminhados à segunda, pois nela os grupos de alunos são menores.

Enfim, as intervenções, sempre baseadas em evidências, são mais frequentes e intensivas, e são direcionadas às necessidades dos alunos.

Ainda assim, a resposta dos alunos a essas intervenções é monitorada por avaliações mais frequentes e específicas.

ENTENDA A IMPORTÂNCIA DO RTI PARA A EDUCAÇÃO:

Portanto, os estudantes que apresentarem dificuldades na segunda camada são encaminhados à terceira camada.

Acima de tudo, as intervenções individuais, acontecem fora da escola e são realizadas por especialistas ou equipes multidisciplinares. Por exemplo, a resposta do aluno a essas intervenções é monitorada por avaliações amplas e investigam as causas específicas das dificuldades de aprendizagem que persistirem.

Aliás, vale ressaltar que para o processo RTI ser implementado, as escolas devem obrigatoriamente utilizar intervenções baseadas em evidências. Isto é, intervenções que apresentam comprovação científica de sua funcionalidade.

IMPORTÂNCIA DA RTI:

Do mesmo modo, o modelo RTI é importante e eficaz por diversos motivos. Mas, de modo geral, ele previne e remedia as dificuldades de aprendizagem. Ou seja, promove inclusão de todos os alunos no que refere a um ensino com padrão de qualidade.


Além disso, ele também pode auxiliar as escolas na redução de custos. Fazendo com que haja um direcionamento mais efetivo dos recursos da educação especial para quem de fato necessita dela.


Outros fatores que evidenciam a importância da RTI:

Não existe segregação, pois os alunos continuam a participar das aulas com seus colegas.

Sendo assim, os estudantes podem começar a obter ajuda extra antes de apresentarem atrasos relevantes em relação aos seus colegas. Pois evita que eles precisem repetir de ano e tenham problemas emocionais e comportamentais decorrentes do mau desempenho.

Portanto, caso a criança apresente dificuldades não solucionadas no ambiente escolar, ela terá acesso a especialistas e equipes multidisciplinares.

ENTENDA A IMPORTÂNCIA DO RTI PARA A EDUCAÇÃO:

MAS COMO APLICAR NA ESCOLA?

Então, para a implementação do RTI, existem 4 princípios que devem ser observados:

1) Triagem Universal

Sem dúvida, trata-se da avaliação que monitora o progresso de todos os alunos. Pois ela é utilizada para analisar o desempenho da turma quanto às habilidades precursoras e às aprendizagens essenciais.

Sendo assim, é fundamental que essa avaliação seja contínua e que os dados qualitativos sejam bem analisados. Ou seja, que o professor utilize os dados dessa avaliação para refletir sobre sua prática e sobre a necessidade real dos alunos individualmente.

2) Ensino com práticas baseadas em evidências

Certamente, no RTI, as intervenções precisam ser com base em evidências. Pois o professor deve utilizar intervenções que comprovadamente demonstraram ter eficácia em pesquisas científicas. Dessa maneira, as práticas serão mais eficientes.

3) Monitoramento

Seja como for, após a triagem universal e a intervenção baseada em evidências, os professores precisam monitorar o progresso dos alunos.

Por exemplo, é necessário identificar a resposta que cada aluno está tendo em relação às intervenções realizadas. Ou seja, ao realizar o monitoramento, será possível identificar aqueles alunos que continuam com dificuldades.

Desse modo, para realizar possíveis ajustes no plano educacional, e para fazer o encaminhamento dos alunos ao nível seguinte, se necessário.

4) Intervenções escalonadas

Por fim, os professores devem considerar intervenções mais intensivas e direcionadas, conforme os diferentes níveis que constituem o RTI.

Em suma, o RTI se baseia na seguinte estrutura de três níveis:

  • 1 – as intervenções preventivas realizadas com todos os estudantes;
  • 2 – são intervenções remediativas, mais intensivas e sistematizadas, realizadas com pequenos grupos
  • 3 – algumas intervenções intensivas e individuais, realizadas por especialistas ou equipes multidisciplinares.

Antes de mais nada, que tal aprender mais? Assista à aula: Alunos com dificuldade na alfabetização? Descubra como o RTI pode ajudar!

Aqui está um conteúdo que pode ser de seu interesse: assista o vídeo e aprenda atividades de intervenção.


REFERÊNCIAS:

BATISTA, M.; PESTUN, M. S. V. O Modelo RTI como estratégia de prevenção aos
transtornos de aprendizagem. Psicologia Escolar e Educacional, v. 23, 2019. Disponível em:
https://www.scielo.br/j/pee/a/h5Jhtp4s77rn7YCQHCRnNvH/?lang=pt. Acesso em: 10 dez.
2022.

Leave a comment

0.0/5