Skip to content Skip to footer

Psicopedagogia e psicomotricidade: como essas duas áreas se complementam?

psicopedagogia e psicomotricidade: como essas duas áreas se complementam?

Você já parou para pensar sobre a importância da educação e como ela impacta no desenvolvimento das crianças? Provavelmente, sim, afinal, todos estamos envolvidos de alguma forma nesse processo. Mas você sabia que a psicopedagogia e a psicomotricidade possuem um papel fundamental nessa jornada?

A psicopedagogia e a psicomotricidade surgem como importantes áreas de estudo e intervenção para auxiliar no desenvolvimento integral das crianças.

Neste artigo, exploraremos essa relação entre elas, mostrando como essas duas áreas se complementam na busca por uma educação inclusiva.

O que é Psicopedagogia?

A psicopedagogia é uma área que estuda os processos de aprendizagem e as dificuldades encontradas por indivíduos em seu percurso educacional. Ou seja, ela visa compreender como cada pessoa aprende, identificando possíveis obstáculos e propondo estratégias para superá-los.

Dessa forma, a psicopedagogia atua tanto na prevenção quanto na intervenção dessas dificuldades, auxiliando crianças, adolescentes e adultos a desenvolverem habilidades necessárias para o aprendizado.

Um exemplo de atuação da psicopedagogia é quando um aluno apresenta dificuldades em matemática, é a partir desse ponto que o professor irá analisar suas potencialidades e dificuldades específicas nessa disciplina, buscando compreender se há alguma questão emocional ou cognitiva que esteja afetando seu desempenho.

Além disso, é a partir dessa análise que serão propostas atividades lúdicas e estratégias pedagógicas adequadas às necessidades do aluno, visando melhorar sua compreensão dos conceitos matemáticos.

O que é Psicomotricidade?


A psicomotricidade está relacionada ao desenvolvimento motor e à relação entre movimento e aprendizagem, pois entenderá como o corpo se expressa por meio do movimento e como essa expressão influencia no processo de aprendizagem geral. Desse modo, a psicomotricidade é uma ferramenta fundamental para estimular a percepção, a atenção, a memória e o raciocínio, promovendo o desenvolvimento integral das crianças.

Por exemplo, uma criança com dificuldades na coordenação motora pode ser encaminhada para sessões de psicomotricidade, e durante essas sessões, ela irá realizar atividades que estimulem o equilíbrio, a coordenação e a percepção espacial. Ou seja, esses exercícios contribuirão para o desenvolvimento das habilidades motoras da criança, auxiliando-a em suas tarefas diárias e favorecendo seu processo de aprendizagem.

Psicopedagogia e psicomotricidade: como essas duas áreas se complementam?

A educação é uma área complexa que envolve múltiplos aspectos do desenvolvimento humano, incluindo o cognitivo, emocional e motor. Dessa forma, para lidar com as demandas de crianças típicas e atípicas, os profissionais da educação podem contar com a contribuição de diferentes especialidades, como a psicopedagogia e a psicomotricidade.

A complementaridade entre a psicopedagogia e a psicomotricidade se dá pelo fato de que ambas as áreas pretendem auxiliar no processo de aprendizagem das crianças, independentemente de suas características individuais.

Desse modo, uma das colaborações mais cruciais entre essas duas áreas está na avaliação diagnóstica dos alunos. Por meio de técnicas específicas da psicopedagogia, é possível identificar dificuldades de aprendizagem ou transtornos que impactam o desempenho escolar. Já a psicomotricidade, ao fornecer informações sobre o desenvolvimento motor da criança, possibilita uma avaliação mais abrangente. 

Educação inclusiva: O papel dos professores e responsáveis

Diante de tudo que foi apresentado anteriormente, podemos dizer que os professores desempenham um papel fundamental na identificação de possíveis dificuldades de aprendizagem em seus alunos. 

Neste sentido, ao observar comportamentos inadequados ou dificuldades no  desempenho acadêmico, é responsabilidade do professor encaminhar os estudantes para avaliações psicopedagógicas e psicomotoras. Pois, essa parceria entre professores, psicopedagogos e psicomotricistas é essencial para as intervenções serem realizadas de forma integrada e coerente.

Portanto, fica evidente que a psicopedagogia e a psicomotricidade são áreas complementares e essenciais para proporcionar um suporte completo às crianças típicas e atípicas.  Já que a combinação dessas práticas contribui para um melhor aproveitamento escolar e favorece o equilíbrio físico, cognitivo e emocional dos estudantes.

Além disso, o trabalho conjunto entre professores, responsáveis e profissionais especializados é indispensável para garantir uma educação inclusiva e de qualidade.


Referências:

https://www.nucleodoconhecimento.com.br/educacao/beneficios-da-psicomotricidade 

https://www.redalyc.org/journal/6377/637766241018/html/

http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-69542021000200007

BASTOS, A. B. B. I. Psicopedagogia Clínica e Institucional: diagnóstico e intervenção. São Paulo: Edições Loyola, 2015. 

Denche-Zamorano Á, Mendoza-Muñoz M, Barrios-Fernandez S, Parraca JA. Bibliometric Analysis of Psychomotricity Research Trends: The Current Role of Childhood. Children (Basel). 2022 Nov 27;9(12):1836. doi: 10.3390/children9121836. PMID: 36553280; PMCID: PMC9777408.

Matias AR, Almeida G, Veiga G, Marmeleira J. Child Psychomotricity: Development, Assessment, and Intervention. Children (Basel). 2023 Sep 26;10(10):1605. doi: 10.3390/children10101605. PMID: 37892268; PMCID: PMC10605293.

Leave a comment