Voltar

Quando a criança precisa do atendimento de Terapia Ocupacional?

Pais e mães vivem cercados de dúvidas. Durante o desenvolvimento na primeira infância, a criança demonstra suas habilidades. Esse conjunto de ações costuma ser praticado de maneira espontânea e quase no mesmo período. É importante frisar a palavra quase para não utilizarmos a generalização como algo determinante.
Embora cada criança tenha o seu próprio ritmo, é inegável que qualquer sinal de atraso pode implicar em uma preocupação para os adultos. Sendo assim, quando uma criança demonstrar alguma dificuldade relacionada ao fator psicomotor (para citar apenas um dos exemplos, pois há uma série de fatores que são indicativos de algum problema que afeta o pequeno), a ajuda de um profissional especializado deve ser solicitada.

Por que a Terapia Ocupacional?

A Terapia Ocupacional trabalha com exercícios e terapias que promovem a reabilitação de pessoas que apresentam alguma limitação no aspecto psicomotor e cognitivo. Os profissionais que atuam na área realizam suas atividades junto de seus pacientes a fim de providenciar uma maior autonomia por parte da criança em seu próprio desenvolvimento. O terapeuta ocupacional pertence às profissões que estão incluídas no campo da saúde.

Que sinais são indicativos que meu filho precisa de acompanhamento?

Como a terapia ocupacional estabelece tratamentos que abordam determinadas parte do corpo e da vida de uma pessoa, os pais precisam acompanhar de perto o dia a dia da criança. Tudo isso devido aos pequenos gestos que ela esboça quando brinca com algum objeto, quando tenta engatinhar; quando o pequeno está na fase escolar e não consegue escrever ou manusear um lápis; quando a criança se confunde com frequência a noção de direita e esquerda, entre outros sinais.

A importância do acompanhamento profissional

Obviamente que somente com o acompanhamento de um profissional da área é que suas dúvidas serão sanadas. É importante que os casos de um suposto atraso cognitivo ou psicomotor sejam levados ao conhecimento do terapeuta ocupacional. Se for algo mais grave, o próprio profissional encaminhará ao especialista que pode solucionar o problema.
Para crianças que precisam de terapia ocupacional, os exercícios propostos pelos profissionais envolvem objetos e toda uma estrutura que proporciona a prática de movimentos. Essas atividades terapêuticas trazem a autonomia e uma excelente qualidade de vida à criança e aos pais.

Onde encontrar atendimento de Terapia Ocupacional?

Hoje em dia, é possível encontrar atendimentos em várias cidades do Brasil. Com o aumento de profissionais recém-saídos da universidade, o acesso a esses tratamentos tem sido bastante positivo.
Os locais onde há oferta de terapia ocupacional são os seguintes:

  • Hospitais;
  • Centros especializados em reabilitação psicomotora;
  • Clínicas particulares;
  • Universidades públicas e particulares;

As faculdades de terapia ocupacional sempre abrem vagas para que a comunidade externa possa participar dos programas que oferecem exercícios e atividades às pessoas. Com o auxílio de professores, os estudantes são acompanhados de perto no trabalho desenvolvido com pacientes atendidos, principalmente, pelo Sistema Único de Saúde.

E se o problema apresentado for uma comorbidade?

É muito comum que algum sinal de atraso também seja resultado de um transtorno. Nesse caso, a criança precisa passar pelo terapeuta ocupacional, mas com o tratamento realizado também por outros profissionais. O trabalho deve ser em equipe.

Você também pode se interessar...

30 respostas em “Quando a criança precisa do atendimento de Terapia Ocupacional?”

Boa noite!
Meu filho tem diagnóstico de asperger leve, ele é muito restrito a alimentação, não gosta de comer frutas, legumes e nen verduras. As verduras e legumes ainda dá pra camuflar no feijão. Fico muito preocupada com ele nesta questão da alimentação. O que tiver de fica pra passar, eu agradeço, pois já tentei de tudo.
Atenciosamente,
Neide

Boa noite,meu filho tem 2 anos e 3 meses não come arroz carne nada,só legumes batidos porém eu parei de bater,estou amassando,ele e cardíaco não senta não anda não ingatia,não sei mais o que fazer me ajudem,por favor

Sou professora de educação infantil, e me interesso muito por esses assuntos, pois assim poderei ajudar meus alunos que apresentaram alguma dificuldade,

Gostei muito do tema abordado, normamente não se fala no trabalho da TO, muitas pessoas nem conhecem essa especialidade. Fiquei com uma dúvida. O trabalho da TO pode beneficiar um estudante com TDAH?

Sou Terapeuta Ocupacional e fico muito feliz que tenham aberto este espaço para falar sobre o nosso trabalho. Obrigada.

Preciso de terapeuta ocupacional pro meu filho de 4 anos ,moro em campo largo PR ,mais preciso gratuito obrigado boa tarde .

Super amei essas informações, obg por esclarecer sobre esse assunto, tenho uma sobrinha de 8 anos de idade com deficiência intelectual, esse ano que tivemos o parecer do neuro. Antes nunca tinha ouvido falar nisso.

Meu filho tem 16 anos é:muito inseguro nao toma decisoes enfim foi diagosticado com Tdh e outras 2 profissionais com fobia social leve e discalculia.Esta tratando com uma profissional que é Neuropsicologa,psicóloga e psicopedagoga.Enfim acho que seria bom ele fazer To,Ainda não sinto que apresenta independência em tomar atitudes simples.O que acham ?

Os progressos podem levar algum tempo, sobretudo em adolescentes que estão passando por uma fase de mudanças em diversos sentidos.
Converse com os profissionais que acompanham seu filho sobre esta questão, afim de refletirem sobre as condições em que ele se encontra e o que pode ou não vir a ser necessário para ele neste momento!

Minha filha foi diagnosticada com déficit intelectual moderado . Cid 10 .. ela tem direito a se aposentar pelo INSS ? Por ser dependentete de alguém sempre . Ela tem 7 anos .. já faz o tratamento na fono apesar de que eu aceitei so fazem 2 anos .. e procurei o tratamento somente 2 anos atrás .

Olá Fabiane , por motivo de lei não podemos fazer esse tipo de orientação online , procure profissional jurídico para te orientar .

Boa noite! Meu filho tem 18 anos, foi diagnosticado com Sindrome de Borderline, ele tem facilidade em aprender e desenvolvimento cognitivo normal, porém não leva nada até a finalização. A terapia ocupacional pode ser indicada como um tratamento em conjunto com o Psicologo e o Psiquiatra? Há limite de idade para indicar a Terapia Ocupacional?

Olá Ana
sem uma avaliação não tem como te passar uma resposta assertiva , mas pergunte aos profissionais que se está acompanhando o caso se tem necessidade da terapia ocupacional.
não tem limite ou idade para fazer terapia ocupacional o terapeuta ocupacional pode atuar com pessoas de todas as idades, desde crianças até idosos, e ainda, pessoas com necessidades especiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *