Skip to content Skip to footer

O que fazer quando o desenvolvimento da criança não é o esperado?

O QUE FAZER QUANDO O DESENVOLVIMENTO NÃO É O ESPERADO

Cada criança se desenvolve de maneiras diferentes. No entanto, é importante conhecer os marcos do desenvolvimento infantil e saber identificar quando algo está errado.

Neste artigo você aprenderá como identificar e o que fazer caso a criança não esteja tendo a evolução esperada.

MAS O QUE É O DESENVOLVIMENTO INFANTIL?

Antes de mais nada, o processo de desenvolvimento da criança é constituído por etapas de aprendizagem, na escola e em casa através de atividades como a educação física e etc.

Sendo assim, a criança deve passar para adquirir e aprimorar habilidades e capacidades. Pois estão relacionadas a questões cognitivas, motoras, emocionais e sociais.

Por isso, ao tratarmos isso é fundamental levar alguns pontos em consideração, dentre eles:

– Aliás, o desenvolvimento do pequeno não ocorre de forma linear, por vezes ocorrem ganhos positivos e retrocessos;

– Esse processo é gradativo, acontecendo em várias etapas;

– Cada criança é um ser singular, ou seja, ela é única e, dessa forma, possui suas particularidades e se desenvolve em diferentes ritmos;

– A falta ou excesso de estímulos podem ser prejudiciais para um desenvolvimento saudável.

MAS QUAL A IMPORTÂNCIA DE CONHECER OS MARCOS DO DESENVOLVIMENTO?

Por mais que os pequenos tenham suas singularidades e seu próprio ritmo. Ao falarmos dos processos de crescimento e aprendizagem, é importante estarmos atentos aos marcos do desenvolvimento infantil.

Em suma, esses marcos são mudanças físicas, cognitivas, sociais e emocionais esperadas dentro de uma certa faixa etária. Ou seja, marcos das etapas de desenvolvimento das crianças.

Definitivamente, esses são os marcos que auxiliam a família e os profissionais a perceberem os sinais de quando o pequeno não está evoluindo. Além disso, ao entender é possível oferecer o que a criança precisa.

Contudo, é importante lembrar que o crescimento infantil é algo que muda de criança para criança. Por exemplo, uma pode começar a andar aos 9 meses de idade, enquanto outra, apenas aos 14 meses.

Além disso, algumas podem falar 20 palavras com dois anos, e outras, na mesma idade, conseguem falar 50 palavras, e assim por diante.

Afinal, em alguns casos a variação é maior. No entanto, em caso de dúvida em relação ao crescimento do filho, os pais devem procurar imediatamente a avaliação de um profissional capacitado.

CATEGORIAS DOS MARCOS DO DESENVOLVIMENTO

4 categorias dividem os marcos:

– Socioemocional: trata-se da capacidade em expressar naturalmente emoções, seguir regras e socializar de forma positiva e saudável;

– Linguagem: é a capacidade de aprender a usar a linguagem para se comunicar;

– Cognitivo: capacidade de pensar, aprender e solucionar problemas;

– Motor: capacidade de desenvolver habilidades motoras grossas e finas, como sentar, andar e manipular pequenos objetos.

Antes de mais nada, assista o vídeo e aprenda sobre:

O QUE SERIA O ATRASO NO DESENVOLVIMENTO?

De antemão, quando o desenvolvimento não ocorre da maneira esperada, podemos dizer que houve atraso no desenvolvimento.

Então, o atraso acontece quando a criança não atinge os marcos do desenvolvimento no tempo esperado. De modo que isso esteja prejudicando de alguma forma o seu crescimento saudável.

Geralmente, um médico diagnostica o atraso com base em critérios. Entretanto, os pais ou familiares notam primeiro algo diferente no bebê. Mesmo considerando as variações normais.

Definitivamente, devemos considerar os atrasos para alcançar o esperado. Pois há casos que demandam de intervenções específicas. Ou seja, quanto antes essas intervenções iniciarem, melhor será o desenvolvimento futuro.

Portanto, mesmo sabendo que cada criança possui seu próprio ritmo, é preciso estar atento e, em caso de dúvidas, recorrer a um profissional capacitado.

POR QUE DEVO PRESTAR ATENÇÃO DESDE OS PRIMEIROS ANOS DA CRIANÇA?

Porque os primeiros anos de vida dela são os principais para o seu desenvolvimento e serão fundamentais para o resto de sua vida. Por outro lado, logo, é essencial estar atento em caso de sinais de atraso e buscar ajuda o quanto antes, sempre que houver suspeita.

Sendo assim, por ser um período de muito aprendizado e formação, em caso de atraso no desenvolvimento… Quanto mais cedo ela receber uma intervenção, melhor será o seu progresso.

MAS O QUE FAZER QUANDO ALGO ESTIVER FORA DO PADRÃO?

Ou seja, quando você achar que o pequeno possui algum atraso no desenvolvimento para a sua idade, ele precisa passar por avaliação. O diagnóstico, caso realmente exista um atraso, poderá se estabelecer pelo médico.

Portanto, quanto mais cedo a criança receber o tratamento adequado, melhor será o processo para que ela tenha um crescimento saudável e satisfatório.

Gostou do conteúdo? Acesse o canal do Youtube da Neurosaber e fique por dentro das novidades.


REFERÊNCIAS

VIANA-CARDOSO, K. V.; LIMA, S. A. Intervenção psicomotora no desenvolvimento infantil: uma revisão integrativa. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, [S. l.], v. 32, 2019. DOI: 10.5020/18061230.2019.9300. Disponível em: https://ojs.unifor.br/RBPS/article/view/9300. Acesso em: 5 jan. 2023.

9 Comments

Leave a comment

0.0/5